04 novembro 2010

acusações

você
              fala
              escondendo
              o rosto
você anda sem balançar os braços
você fala das coisas de seu tempo
                                             que não me interessam agora
você fala sobre tudo
                            que não quero ouvir
                                                          ainda
você fala,
              fala e não faz nada
você não reza mais
você não é artista
você perdeu tempo
        "ganhando tempo"
você é escravo
você me
            perdeu a
            perdeu
            o
            se perdeu
            perdeu
você se parece com
           outra pessoa
você é
        brutal
você não tem
        amizades
você está
        por fora
você só xinga
você tem
        medo
         do medo do medo
                        do medo
                        medo de
                        ter medo
você
       tem medo de
       ter coragem
você  sou
               eu sou
você

2 comentários:

Caranguejúnior disse...

Aê Paranax!
Mandando bala (preta)!

abrax!

Marília disse...

Engraçado, mãe tem dessas coisas, com essas palavras.